Logo Cidade Internet

Todos os artigos com a tag doces italianos

Curiosidades da Itália: Os famosos doces de Marzipã

Publicado por Jean Ponchiroli



Essa é uma das coisas curiosas que se vê em quase todas as vitrines de docerias da Itália, doces feitos de Marzipã, ou “Marzapane” em italiano. Marzipã é uma preparação de produtos de confeitaria, que consiste basicamente na mistura de pasta de amêndoa com clara de ovo e açúcar. O nome deriva do árabe mauthaban, originalmente o nome de uma moeda. Introduzido na Itália, na época das invasões árabes, o doce se espalhou pela Itália, como o brigadeiro se espalhou pelo Brasil.

A versão Siciliana do Marzipã, chamada fruta de Martorana é reconhecido como produto agroalimentar tradicional italiano da região da Sicília. Puglia e Toscana também o inseriram nos seus menus com o nome de “Marzapane”. Na Ligúria, sobretudo da província de Genova, existe uma tradição secular de preparação de docinhos de marzipã, chamados “quaresminhas”, que serviam de paliativo à proibição de consumo de chocolates antes da Páscoa.

Fotos | Jean Ponchiroli

Marzipa
MarzipaMarzipaMarzipaMarzipaMarzipaMarzipa

Doces italianos: os famosos canoli sicilianos

Publicado por Egle

Esta receita é de um doce muito famoso que sempre aparece em filmes italianos, e é típico da Sicília, estamos falando dos canoli siciliani, rolinhos de massa recheados com ricota e frutas cristalizadas.

Ingredientes: 300 g de farinha peneirada, 10 g de açúcar, ½ copo de marsala, 1 pitada de sal, açúcar de confeiteiro e óleo para fritar. Para o recheio: 500 g de ricota fresca tipo romana, 200 g de açúcar de confeiteiro, 100 g de frutas cristalizadas picadas, 100 g de lascas de chocolate meio-amargo, 1 envelope de baunilha, 1 pitada de canela em pó, leite o suficiente.

Modo de preparo: em uma superfície lisa colocar a farinha fazendo uma montanha comum buraco no meio onde vai ser colocado o marsala, acrescentar o açúcar e o sal e trabalhar a massa até obter uma mistura sólida, fazer uma bola, enrolar em um pano e deixar descansar por duas horas. Depois de passado o tempo, estender a massa fazendo uma folha de no máximo 4 mm e cortar em quadrados de 10 cm de lado e envolver este pedaço da massa em cilindros de inox. Esquentar o óleo e colocá-los para fritar, e escorrer quando estiverem bem fritos. Esperar esfriar e rechear os ‘cannoli’ com o recheio obtido amassando a ricota com o açúcar, um pouco de leite, a baunilha, a canela, a fruta cristalizada e o chocolate. Polvilhar o açúcar de confeiteiro por cima dos rolinhos e servir.

Foto | Flickr

Receita fácil de Natal: creme Zabaione com vinho Moscato d'Asti

Publicado por Egle

salsa allo zabaione e moscatoA receita de hoje é do creme zabaione ao vinho moscato, perfeito para acompanhar qualquer doce de Natal.

Ingredientes: 300 ml de vinho Moscato d’asti; 150 g de açúcar; 30 ml de rum branco; 6 gemas.

Modo de preparo: a receita é muito fácil, basta bater as gemas com o açúcar até obter creme com espuma e quase branco, acrescentar o vinho e o rum e cozinhar em banho-maria por cerca de 20 minutos, sem parar de mexer. Servir morno, com biscoitos ou em cima do panetone ou outro tipo de bolo .

Foto | Flickr

Doces italianos: os Cantucci toscanos

Publicado por Egle

ricetta dei cantucci toscani Na Itália muitas das sobremesas não são muito doces e geralmente são bolos, tortas ou bolachas. A receita de hoje é típica da região da Toscana, os Cantucci, tipo de bolachas deliciosas e rústicas.

Ingredientes: 500 g de farinha de trigo; 250 g de amêndoas sem pele; 200 g de açúcar; 100 g de manteiga; 3 ovos; 1 colher (de chá) de fermento; 1 pitada de sal e 1 colher (de chá) de vinho tinto doce. Misturar a farinha, açúcar, fermento, a manteiga em temperatura ambiente, os ovos e o sal.

Tostar as amêndoas e juntar com a massa. Depois que a massa estiver pronta, fazer com as mãos, vários tijolinhos retangulares e por no forno a 180′ C por 25 minutos virando-os de vez em quando. Tirar do forno e cortar na transversal e cozinhar por mais 5 minutos. Esperar esfriar e se sobrarem, guardar em potes bem fechados. São ótimos se acompanhados com um vinho de sobremesa!

Foto | Flickr

Licores italianos: receita de creme zabaione

Publicado por Egle

Quem já teve a oportunidade de provar um doce com zabaione sabe o quanto é bom. Hoje vamos passar a receita deste licor italiano que marca gerações.

Ingredientes para 4 pessoas: 80 gr de açúcar, 80 gr de vinho Marsala seco e 4 gemas de ovo frescas.

Modo de preparo: separar com muito cuidado as gemas das claras e colocar em uma panela de cobre ou em um recipiente de inox. Juntar o açúcar e o Marsala.

Colocar o recipiente em banho-maria quente (cerca de 75°- não pode ferver) manter em fogo brando e mexer com as espátulas elétricas (da batedeira), aumentando a velocidade conforme o composto vai clariando, estufando e ficando fofo.

Continuar lendo

Receitas de doces italianos para a Páscoa: o 'squaglio' de Roma

Publicado por Egle

Uma das tradições na Páscoa italiana é o café da manhã da Páscoa, que, em cada região, tem suas particularidades. No caso de Roma temos o ’squaglio’, ou em dialeto local, ’squajo’: é uma bebida quente que faz parte do tradicional banquete da Páscoa, talvez até mais importante que o almoço em família.

Ingredientes: 5 gr de chocolate em pó (de preferência meio-amargo) para cada xícara do ’squaglio’, água fervente a vontade, açúcar, e para completar a gula, chantilly.

Modo de preparo: ferver a água e despejar nas xícaras na qual será derretido o chocolate, nas doses citadas acima. Colocar o açúcar e quem quiser pode acrescentar o chantilly. Para quem quiser que o ’squaglio’ fique mais nutritivo (para alguns pode significar mais gordo) é só substituir a água por leite. E não esqueçam de lamber os beiços!!

Foto | Flickr

Receitas italianas para a Páscoa: o pão doce de Sarsina

Publicado por Egle

Sarsina, é uma pequena cidade da região da Emilia-Romagna na provincia de Forlì-Cesena, muito famosa por ser a cidade natal do autor latino Tito Maccio Plauto, mas para nós a importância dela é por ter criado a “pagnotta”, uma das receitas típicas da páscoa mais famosas da região.

Ingredientes: 2 kg de farinha, 1 kg de massa de pão fermentada, 700 gr de áçucar, 150 gr de banha de porco, 10 ovos, 3 limões ralados (a casca), 1 colher de levedo de cerveja, uva passa, 2 colheres de essencia de baunilha, sal a gosto.

Modo de preparo: Colocar a farinha numa superficie lisa de foma a deixar um buraco no meio, colocar os outros ingredientes, um de cada vez, e trabalhar a massa com as mãos, até obter uma massa lisa, depois dar a forma de cúpula e deixar fermentar por algumas horas coberta por um pano. Antigamente para fermentar a massa era comum colocá-la embaixo dos lençois e depois em cima das brasas de um aquecedor pequeno que era chamado de ‘prete’ (padre). Quando a massa tiver fermentado, transferir para uma assadeira, passar um pincel banhado com ovo batido e fazer uma cruz com uma faca. Colocar no forno à temperatura de 200° por cerca de uma hora ou até que se forme uma casca crocante e dourada.

Foto | Flickr

Receitas italianas: Caramei venezianos, doce típico do carnaval

Publicado por Egle

caramei venezianiNo carnaval italiano é tradição consumir doces típicos desta data, que são feitos nesta época do ano. Para mostrarmos este costume, apresentamos uma receita de doces de carnaval. Nesta receita apresentamos toda a tradição doceira de Veneza.

Para a preparação dos caramei ou crocantinhos venezianos (8-10 pessoas) precisamos de: 350g de amêndoas com casca; 200g de açúcar; uma noz de manteiga; suco de limão; água; óleo de soja.

Modo de fazer: untar com o óleo uma assadeira retangular antiaderente e cobrir o fundo com papel de forno, untando este também. Triturar metade das amêndoas, mas que fiquem em pedaços grossos, e depois acrescentar estas as inteiras. Numa panela colocar o açúcar, a manteiga, um pouco de suco de limão e 2 colheres de água. Mexer até derreter o açúcar em fogo baixo, depois deixar que se forme um caramelo denso. Acrescentar as amêndoas e mexer com uma colher molhada com água fria. Colocar na travessa nivelando com a ajuda de meio limão. Quando estiver uniforme, virar a forma num papel de forno untado com óleo e cortar o croccante, antes que fique completamente duro.

Foto | Flickr

Receitas italianas: bolinhos doces de abóbora

Publicado por Egle

Hoje uma receita de doces típicos italianos com menos calorias que os doces natalinos e os de final de ano, como o torrone

Ingredientes para 6 pessoas: meio kg de abóbora, 100g de queijo ralado, 50g de uva passa, 50g de amaretti (biscoito típico italiano que se encontra nas casas de produtos importados), 30g de açúcar, 20g de manteiga, um ovo, farinha de rosca, uma pitada de sal.

Modo de preparo: em primeiro lugar amolecer a uva passa por 30 minutos em água morna; descascar a abóbora e cozinhar no forno embrulhada em papel alumínio; amassar bem a polpa da abóbora, colocar no fogo até secar, obtendo uma massa densa e compacta; esperar esfriar e depois juntar a uva passa escorrida, o queijo, o sal, o açúcar, os biscoitos esfarelados e o ovo; mexer bem; formar várias bolinhas do tamanho de uma noz e arrumá-las em uma assadeira untada para levar ao forno, polvilhar a farinha de rosca e deixar no forno a 200 graus por 15 minutos.

Foto | Flickr

Receitas de doces italianos: os biscoitos "Amaretti" macios

Publicado por Egle

Apresentamos hoje uma receita de biscoitos típicos italianos, os “amatetti morbidi”, a base de amêndoas e muito consumidos pelos italianos, tanto como sobremesa como para serrem degustados com café ou chá.

Receita para uma assadeira de biscoitos.

Ingredientes:
1-2 claras frias
160g farinha de amêndoas (amêndoas sem casca moídas bem finas)
20g de amêndoas amargas moídas até gerar uma farinha
150g açúcar de confeiteiro
1-2 gotas de limão

Continuar lendo