Monumentos italianos: Fontana di Trevi, lendas e curiosidades

Escrito por: -

fontana di trevi

É a mais importante e bonita de Roma, sem dúvida também um dos lugares mais românticos onde levar o seu amor: a Fontana di Trevi (Fonte).

Todos conhecem a lenda da moeda que quando é jogada de costas para a fonte, assegura um retorno a Roma. Mas a Fontana di Trevi esconde também outras lendas, que foram surgindo durante quase dois séculos de sua história (ela foi inaugurada em 1761).

Uma destas lendas se refere a Nicola Salvi, o arquiteto que projetou a fonte. Segundo a lenda, a escultura no muro que circunda a fonte na esquina com o rua da Stamperia, que parece representar um grande vaso, tenha sido colocada por Salvi por um motivo bem preciso.

Parece que o arquiteto não se dava muito bem com um barbeiro que tinha sua loja bem na rua que hoje é a da Stamperia. O barbeiro o assediava com criticas e julgamentos negativos sobre os trabalhos na fonte. Assim Salvi colocou a sua frente este vaso, de forma que não pudesse mais ver os trabalhos. Os romanos depois re-batizaram esta escultura com o nome de asso di coppe (ás de copas), pela sua semelhança com a carta de baralho.

As outras duas lendas se referem aos casais de namorados. Para todas as namoradas cujo amado deve servir o exército ou viaja por trabalho, é garantido amor eterno se fazer com que o namorado beba um copo de água da fonte e depois quebrem o copo, assim o homem não esquecerá dela jamais.

Outra forma mais simples e sobretudo mais saudável para prometer amor eterno é o de beber na chamada Fontanina degli Innamorati (fontezinha dos apaixonados) que fica do lado direito, perto do às de copas. Só precisa que os dois apaixonados bebam juntos para serem fiéis por toda a vida.

Uma outra curiosidade sobre a fonte é em relação ao seu nome: porque se chama Fontana di Trevi? Na idade média três ruas se cruzavam naquele local formando um trivium ou seja, um cruzamento de 3 ruas (que porém se localiza no limite da praça dei Crociferi). Neste local ficava a mostra da Água Virgem, da qual deriva a Fontana di Trevi. Hoje é possível ainda admirar uma característica do bairro medieval desenvolvido nas proximidades: trata-se do arco no lado oposto da fonte, cujas colunas se erguem no meio das vitrines da loja da Benetton.



Fontana di Trevi

Votar no artigo:
4.00 nos 5.00 baseado nos 2 votos.