O templo da saúde: o Spa do Regina Hotel Baglioni de Roma

Escrito por: -


Tempo disponível é um luxo. Um ingrediente da vida que transformou-se em uma coisa que somente poucos podem se permitir. Percebi somente quando duas mãos sábias me massageavam por horas, fazendo-me esquecer o estresse, a correria, o tráfego, o trabalho, fazendo-me saborear o prazer mais puro de estar ali somente para mim mesmo, sem nenhum outro pensamento, sem a desagradável sensação de “perder tempo”.

Não o perdi realmente, na verdade talvez eu tenha ganhado um pouco mais de vida: uma tarde em um spa de luxo como aquele do hotel 5 estrelas Regina Hotel Baglioni em Roma, significa também isso, uma sobrevida. Ambiente íntimo e aconchegante, atmosfera difusa, penumbra, velas, música e relax absoluto. Acabamento de luxo, certamente, mas o que era realmente precioso neste Templo da Saúde era o luxo de poder cuidar de si mesmo.

A melhor sensação em toda a tarde foi sentir-me o centro das atenções: somente eu, como em um spa pessoal completamente à minha disposição. É exatamente aqui que se encontra a fronteira entre o verdadeiro luxo e aquilo que não é luxo: ter à escolha uma variedade de opções personalizadas, dos tratamentos relaxantes àqueles exóticos.

Imagens do Spa do Regina Hotel Baglioni de Roma

Uma sauna, um chá relaxante e gostoso, banho de lama terapêutica e, enfim, uma extraordinária massagem aromaterapêutica . Um total de 4 horas imerso na penumbra, longe do resto do mundo, como se o tempo estivesse parado ali, somente por minha causa.

As moças que fazem as massagens são realmente entendidas do assunto e com elas tive várias lições sobre bem-estar do nosso corpo: aprendi que a massagem ayurvedica não é única, mas cada um faz diversamente e existem vários níveis; os óleos essenciais utilizados pela aromaterapia agem diretamente no sistema nervoso central, relaxando e proporcionando um bem-estar físico e mental imediato.

A minha cabeça e o meu resfriado melhoraram muito depois desse tratamento. Depois de algumas horas meu mal-estar tinha passado. Esse é também um dos luxos do tempo, poder parar, pensar e ver as coisas que, sem esse mesmo tempo à disposição não conseguiríamos perceber. E ainda totalmente renovado, os músculos relaxados e a cabeça leve.

Um luxo sem preço, repleto de emoções visivas, táteis e mentais. O pessoal está sempre impecável e pronto para, a qualquer momento, satisfazer os pedidos e exigências, começando com gestos simples, como um cumprimento cordial. Não foi por acaso que o Regina Hotel Baglioni de Roma ganhou o prêmio “Best Service in a Hotel in Europe 2010″.

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!