Música: Vieuxtemps Guarneri, o violino mais caro do mundo

Escrito por: -

No mundo da música os violinos estão entre os mais caros instrumentos, sobretudo os antigos, feitos por italianos, os mais famosos e renomados artesões do gênero. E parece que será justamente um violino que passará a ser o instrumento mais caro que já existiu: é um violino Guarneri, que leva o nome de Vieuxtemps um músico que no século XIX escreveu peças de solo para violino e as tocou com este instrumento.

Os músicos são unânimes em dizer que este instrumento parece dotado de uma alma própria que lhe dá vida nas mãos dos artistas, encantados com seu som profundo e tocante, mais bonito em relação ao produzido pelos Stradivari. O Vieuxtemps Guarneri, apelidado de a “Monna Lisa” dos violinos, foi construído por Guarneri del Gesù em 1741, três anos antes de sua morte: um dos melhores produtos de artesanato de sua breve vida.

Existem várias pesquisas sobre as misteriosas características dos violinos antigos, enigmas fascinantes se fundem com técnicas de construção reconhecidas, mas o segredo de seu som rico e vivo ainda não foi desvendado. Isso só acrescenta mais prestígio a um instrumento como o Vieuxtemps Guarneri, que passou de mão em mão entre artistas de grande fama, como Yehudi Menuhin, Itzhak Perlman e Pinchas Zukerman.

O Vieuxtemps Guarneri será vendido por Ian Stoutzker, um inglês e filantrópico da música, o atual dono, por um preço estimado em 18 milhões de dólares, que depois dos 10 milhões de dólares de um outro Guarneri vendido em outubro passado, este se confirma como o instrumento mais caro de todos os tempos. A venda será realizada pela Bein & Fushi de Chicago, operadora líder a nível mundial para os violinos raros. O interesse por este instrumento já foi manifestado por colecionadores de mundo todo.

Por | Guardian

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!