Páscoa na Itália: festas de tradições milenares

Escrito por: -

A Páscoa na Itália é uma festa muito importante: comemora a ressurreição de Jesus Cristo, e neste país, uma nação ainda muito ligada às tradições, ainda existem muitas celebrações litúrgicas que levam as pessoas às praças para comemorar. Se começa com a Quaresma:

A Páscoa é precedida por um período de abstinência e jejum de quarenta dias, chamado de Quaresma, que começa na Quarta-feira de Cinzas. A última semana da Quaresma é chamada de Semana Santa, quando acontecem várias celebrações e é um período dedicado ao silêncio e a contemplação. Começa com o Domingo das Palmas.

Principalmente no sul da Itália, na Sicília, ainda estão presentes várias tradições que mercem atenção. Podemos encontrar referências (em italiano) no Messaggero di Sant’Antonio:

Em Gangi, nas Madonie, a grande procissão da confraria, com os estandartes e as tradicionais casacas com as imagens dos Santos Protetores, representa ritualmente a entrada em Jerusalém.

Procissão que se conclui com um Cristo - “interpretado” por um garoto adolescente - que chega na praça central da pequena vila. Já em Trapani, existem os “mistérios”

Nos Misteri di Trapani, um cortejo de 20 «varas» que pesam 1 tonelada, são transportadas pelos carregadores, de forma que a caminhada parece um pêndulo - a annacata -, realizada com muito esforço e suor, em troca de proteção e de afastar o mal

Na cidade de Enna se realiza uma caminhada com um Cristo que é colocado no topo de um pau muito alto, e é erguido com faixas por cem pessoas, já em Caltanissetta acontece “la real maestranza” - representada no vídeo - onde os artesão da cidade desfilam com roupas tradicionais.

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!